5 de março de 2010

Meu casal.



'' Sera mesmo que existe amor eterno? E quando tem tudo para ser eterno e não é? ''

Era um casal tão lindo, tão maravilhoso, sempre foram meu orgulho, sempre me ensinaram, me acolheram, me fizeram feliz, meus pais, meus segundo pais, ou até mesmo os primeiros ja que de verdade e literalmente eu nunca tive 'pais' sempre tive uma mãezona gerreira e uma tia. Mas nunca me fez falta um pai, porque no fundo eu sempre tive eles.

Eles que acalmavam a outra metade do meu coração, eles que me destraiam, eram meus pais né, sempre ali querendo meu bem, e me amando cem por cento e com amor mesmo, família né. Sabe aqueles que colocam a mãe no fogo por você, te cuidam, te amam, te querem te fazem bem .. é amor né? Pois é .. Mas eu nem sei bem comoe screver sobre isso, me sinto fraca quando começo a pensar sobre, eu tentei falar sobre o que eles eram p. mim, e acho que deu p. intender, agora vou falar como eles eram em si, eles dois, meu casal.

Vocês nunca vão conhecer casal como esse, não é conceito meu, é uma verdade, um casal LINDO, que se ama, aquele amor que você nota de longe, um casal que se respeitava, um casal amduro um casal feliz, tamanha era a minha felicidade quando eu estava na casa deles, vocês precisavam ver, lembro-me de nós três como uma família indo deitar, o escuro tomava conta do quarto enquanto a claridade da lua batia pela janela e me deichava ver a sobra deles na cama de casal que nós três dormiamos juntos, ai que chamego, ai que amor .. [...] fico meio sem palavras quando lembro disso e as lagrimas tomam conta de mim, mas é a realidade, minhas lembranças são dolorosas desse tempo e a o mesmo tempo ão, lembro-me de todas as manhãs que enquanto ele acordava cedo para ir trabalhar ou fazer uns trabalhos no terreno ela acordava cedo para fazer o café da manhã p. gente ..

Depois vinha me acordar, adoravam escutar minhas histórias e olha como eu falo em .. Lembro de certa vez que os doi foram me buscar na casa da minha mãe para eu ir p. lá, ( para a casa deles) porque na maioria das vezes ele quem ia e ela me esperava lá já, de braços abertos cheia de saudade e quando eu chegava era um sorriso tão lindo tão maravilhoso, que minha felicidade ia a mil por segundo quando eu via. Lembro de tanta coisa ..

Ah! tem uma cena que nunca vai sair da minha memoria, quando meu casal dançava forró,meu Deus eles não dançavam eles ARRAZAVAM, quando eles dois dançavam niguém se metia a besta de ir dançar, parava tudo, lindo lindo, lindo demais mesmo .. Meus olhos brilhavam de tanto orgulho. Mas tem certas coisas na vida que a gente nunca espera, ou que a gente sempre espera que nunca vai acontecer. Mas é ai que elas vem e então [...] surpreende!

Não sei se é bom escrever sobre isso aqui, mas que me desculpe quem não gostar, são meus pensamentos, são meus sentimentos, são minhas lembranças, esse é meu momento, só eu e eu! E algo que nunca vai sair da minha memoria além desse amor maravilhoso do meu casal, vai ser a cena em que tudo foi por água abaixo! Porque? Quem tem culpa? Deus? Não .. Ele ? me doi, me doi mesmo la no fundo me machuca ter que adimitir que sim. Ele é o culpado, queria eu que um dia ele visse esse blog e esse texto que eu estou escrevendo, para ele saber ( se é que ja não sabe) que com tudo isso ele não machucou só um coração..

Que foi tão forte, ou que desfarçou tão bem a dor. Ele machucou a mim também, sabe, de uns anos para cá eu custumo dizer que machucou mais a mim, eu ja passo por uma situação tão delicada nessa minha vida e ainda vem isso? Fico me perguntando, porque é que ele fez isso? Para que? Não tinha necessidade nenhuma, mas sabe o que me vem a cabeça? Isso deve ser de família. Ai me dá ''dó'' de ser dessa família, de ser dessa família não né, porque eu não sou dessa família nem o sobre nome deles eu tenho, por um lado graças a Deus, mas de ter o sangue que eles tem. Um sangue que hoje me parece ser tão falso sabe?

Como pode? enganar, trair. Isso eu não aceito, não adimito, não quero e não esqueço! Não mesmo. Aquele casal que eu tanto amei, que eu tanto guardei que eu tinha como exemplo de vida, que todas as noites quando eu ia dormir eu pedia a Deus para cuidar amar e nunca nunca mesmo desse brecha para nada de ruima contecer com nenhum deles. Mas os pedidos de uma criança ou adolescente pela noite não foram fortes o bastante.. O fim chegou e então eu me pergunto de novo, existe amor eterno? Mas e aquele que eu sempre tive como um amor eterno?

Acabou, para mim não existe mais mesmo. Não sei bem qual é o pior dessa história, se foi a dor de perder meus pais ou se foi a dor de quando meus pais se separaram perdi por tptal um deles ... Fico sem palavras novamente e minhas lagrimas vem com mais facilidade.

Eu continuo de pé e agradecendo a Deus por minha madinha ainda está perto mesmo estando longe, de aparecer quando eu preciso, de ainda me amar tanto e me mostrar tanto afeto, agradeço a Deus por ainda ter em quem confiar e com quem contar, agradeço a Deus por ainda ter minha 2º mãe por aqui, por ver esse amor que ela sente por mim, eu quero está com ela para tudo e acima de tudo, quero protege-la e faze-la intender que meu amor não se mede e que eu com a força que for fazendo o que eu puder vou está ao lado dela sempre que ela tiver com razão e ela semre está porque ela nunca me decepcionou.

Meus olhos brilhaam apenas de falar dela, apenas de lembrar das coisas que passamos juntas, mesmo depois que tudo aconteceu, pois com ou sem ele, nós duas ainda estamos aqui, isso é o que importa que ela ainda está aqui muito presente na minha vida. Eu sei que foi dificil e não sei mas ainda desconfio de que ainda seja, mas sendo ou não dificil estamos juntas, mas a verdade é que é tão estranho ve-la sem ele, e eu não queria ver isso NUNCA, mas ele quis assim e quando digo ele não me refiro a Deus e sim a ele mesmo!

Apenas digo sobre minha madinha que eu a amo tanto que eu acho que ela nem tem noçaõ do tanto mesmo. Mas tenho que ser sincera em dizer, ou melhor escrever que.. Minha dor é enorme por não ter mais ele. Hoje eu tenho na verdade uma certa raiva sabe? Fui abandonada por alguém que eu nunca esperaria que fosse.. Esse alguém além de errar, continua errando, sumiu. vergonha? Num fez a merda? encara os fatos né?! Mas não, ele fugiu, e sabe mais? Depois de anos voltou, veio me ver? veio sim, mas quem disse que era ele? Jamas, jamas mesmo, nunca mais sera, nunca mais eu terei meu tio de volta, nunca mais vai ser aquele amor sabe?

Acho que o pior não foi nem ver ele daquele jeito meio seco e meio calado, meio com vergonha de mim, ( é, ele sabe que maguou a mim também), mas o pior nem foi esse o pior foi ve-lo com a outra. Não sei mesmo como ele teve essa cara de pau desse tamanho, desse modo desse jeito, ta maluco ele? surtou? Como pode ter passado pela cabeça dele que eu iria aceitar?

NÃO aceito, ja tenho problemas demais com padrasto p. querer vir uma mulher que mal me conhece me chamar de sobrinha e ficar de papinho, a pelo amor de Deus, gosto nem de lembrar, ainda mais de pensar nela de abraçando com ele, NÃO ACEITO.

Me doi, choro mesmo, choro muito, e isso dói, queria eu que ele visse esse blog e pelo menos por aqui entendesse que eu nunca mais quero ver quela mulher e muito menos elas daquele jeito com ele, e da proxima vez eu abro minha boca e grito bem na cara dela '' minha querida não me chama de sobrinha porque eu não sou nada sua, nem te coneço e não quero te conhecer e vai saindo a minha casa tá legal?

NÃO ABRAÇA MEU TIO, NÃO CHAMA ELE DE AMOR, NÃO PEDE MASSAGEM NO PÉ ( MUITO MENOS NA MINHA FRENTE) NÃO DANÇA COM ELE, NÃO FALA COM ELE, SOME!) desaparece .. [..] aah, se eu tivesse esse poder .. ai se eu pudesse, ai que desabafo, exagerei .. Mas não dá não me controlo quando eu lembro disso, faz tempo eu sei, mas não supero! Sei que ele percebeu, nunca mais voltou, e eu nem falei nada heim..

Fui educada e fiquei na minha, como um anjo, eu fui um anjo, e ela ainda ficou me olhando de cara feia, a pelo amor de Deus minha madinha que é minha madinha que é minha mãe que é meu amor que eé a mulher dele p. mim sempre vai serr ela, ela NUNCA ficou me olhando de cara feia vai vir essa monstra me olhar de cara feia! Ele que apareça de novo com ela p. ele ver só! Não queria falar disso ..

Não queria mesmo o proposit era falar apenas do meu cadal perfeito e preferido..
Mas francamente não deu. é maior que eu as lembranças vem vindo e eu vou apenas escrevendo. Que vergonha que eu sinto dele hoje em dia, depois de ir lá com uma outra pessoa do lado me encarar de frente nunca mais voltou, nem me liga nem me procura, nem me escreve.

Nem lembra de mim, meu aniverário estava ai, cade ele? Minha madinha de onde ela estava me mandou um recado que feliciadade eu sinto..
Mas sabe qual é o maior problema? Eu não consigo, eu o amo demais, hoje e agora eu queria não amar ele sabe? eu to chateada com isso tudo e com ele, ( eu sei que ja faz tempo) mas não dá, para mim nada acertado foi!

Eu o amo demais, infelismente ou felismente ? Não sei, de nada mais eu sei.
A verdade é, não existe amor eterno e para mim meu casal preferido sempre vai existir, não me importa se aqui diante aos meus olhos e sim na minha cabeça e no meu coração! Eu amo vocês demais mesmo!

'' Não deixe que os acontecimentos ruins e imprevisiveis da vida acabem com um orgulho seu ou com uma adimiração sua, não se ponha para baixo por algo que veio sem esperar, supere e vá em frente, é dificil sim, eu imagino ou sinto até o mesmo, mas se não h´s como superar tente guardar em um canto de suas memorias que você não mexa, para não se magoar sempre ''

É apenas o que eu faço, mas nos meus momentos de tristeza eu acabo mexendo nesse baú de lembranças más e não me pessa para esquecer porque é algo que não sou eu que não quero, mas sou eu que não consigo.

Viviane Magalhães.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...