6 de março de 2010

Vivi a ameaça!



Não sei porque, mas no meio de tanta gente, certas pessoas que não se contam mais a dedos me olham como se eu fosse uma certa ameaça ou até mesmo um veneno. Com olhos afegantes me admiram como se no seu pensamento se passa um filme de coisas ruins igualadas a minha pessoa. Não intendo o porque nem vejo motivos e consigo faze-los intender se oportunidade eu tiver de que seus pensamentos são errados. Não, não digo errados, pois quem sou eu para jugar a um outro alguém? Mas digo que mal vistos ou mal intendidos. Pessoas me olham e se eu digo 'oi' cansado apenas por ter passado um dia cansativo, sou grossa e estou estressada. Se escrevo algo para me defender estou sendo, rude, inamigavel, nojenta etc e tal. Realmente não intendo, então para essas certas pessoas que não se contam mais a dedos eu pergunto perguntando-me. - Alguma vez você parou para conversar comigo? Ja me escutou? Ja tentou me conhecer? Acredite são essas as perguntas que eu mesma me faço quando não me dou bem com alguém e é por isso que hoje em dia eu não conheço mais ninguém que eu não goste, conheço apenas aqueles que não gostam de mim e aconcelho a responder essas perguntas. Pois se existe alguém que diz que gosta de mim e se eu tenho amigos VERDADEIROS e se eu sou desta forma, o poblema não sou eu. ps.: Não sou uma ameaça, nem quero ser odiada e passar sentimento ruim a alguém!


Viviane Magalhaes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...