17 de abril de 2010

Minha viajem para a Alemanha III

Momentos da viajem e o grande final.
Todos marcaram um pouco a viajem todos ficaram sendo mais que especiais para todos. Hoje eu tenho um carinho especial por cada um que esteve lá comigo, porque afinal choraram junto e sorriram junto. Fica complicado ter que explicar sobre as emoções que vivemos lá, mas posso citar algumas, as que vão me vindo na cabeça e eu vou escrevendo, to escutando um CD gravado por nos mesmo, em um dos ultimos ensaios onde ja estavamos quase pornotos, dai veio minha vontadade de contar coisas da viajem,
Marcou mesmo, a nossa chegada onde comemos bolinho de chuva, o batatão que dava nojo, as lesbiscas que estavam sangrando no banheiro, ver a Coni pelada, ganhar o tenis da adidas original e lindo isso junto com a blusa original e linda também, dormir no ônibus até chegarmos ao ponto da proxima apresentação, andar de trem bala foi inesquecivel, o dia que fomos naquele parque de rua e fomos em brinqueno muuuito sinistro que eu faltei morrer rs, pqe era MUITO rapido, em falar em parque, aquele parque tematico LINDO E PERFEITO estilo disney *---*, o castelo da branca d eneve que vimos, aquela montanha que subimos de bondinho e descemos a pé, carregar as malas dos meninos enquanto eles se matavam com as queizes, chorar com saudade da família, descontar estresse nos companheiros e um minuto depois pedir desculpa e chorar junto com ele, tirar foto nos lugares lindos de lá, sambar em cada apresentação e sentir o coração fora do normal, botar a coca cola para fora da janela e ela esfriava, ter o pé congelado e descongelar no aquecedor, lavar as calsinhas e por para secar nesse aquecedor, a Mayara brigando com as alemãs do quarto da frente que jogavam linguiça no nosso quarto rs, em falar nisso, fazer inveja a quelas outras que estavam nos provocando na apresentação na praça, comer no Mc donald's, chorar rios quando tivemos que descer aquela mata, selva seilá o que, no escuro, cheia de medo, parecia filme de terror, muitas coisas, a principal de todas as lembranças, a apresentação no Teatro de BERLIN. O melhor e maior teatro, que apresentação, premio da QUADRIGA de 2008, procure da net, em revistas em qualquer coisa irá achar, foi o principal evento o motivo da nossa viajem, marcante e emocionante! Mil por cento essa é a verdade. Mas que pena que acabou, passamos duas semanas lá, foram as duas semanas da minha vida mais corridas sofridas e longa e felizes, tem como intender? Não rs. Mas para falar a verddae todos ja etavam cansados e queriam colo e casa, aguentariamos mais uma semnaa brincando mais no fundo queriamos nosso Brasil mesmo. Meu quarto minhas meninas meu grupo individual dos 30 onde formavam, Mayara a lider rs, a Bombom, a Louise, a Tatalia e a Laina, inventamos de não dormir essa ultima madrugada na Alemanha, para poder dormimos a viajem no avião toda, fizemos, foi especial.
Melhor ainda foi quando pegamos o ônibus de volta para o Rio de Janeiro, pois mesmo em São Paulo não estavamos em casa, parecia que nem o Brasil estavamos e de volta para casa 6 horas, eu quase não me lembro dessa viagem de volta para mim passou vuando, mas inpossivel não lembrar quando estavamos na Brasil se não me engano e eu olhei as minhas favelas, achei que nunca na vida iria sentir falta disso, quando olhei para a janela de vridro fechada do ônibus e vi as nossas ruas eu fiquei eletrica, mais ainda quando vi o Pão de Açúcar e logo depois o Cristo redendor, nossa TAMANHA era a felicidade, senti como se enfim estivesse em casa, meu coração se sentia calmo e desesperado ao mesmo tempo.
Eu achei que a praça estaria com nossos famíliares coomo foi quando nos fomos viajar ué, mas fui totalmente enganada quando o ônibus virou a esquina que la estava quela MULTIDÃO INTEIRA, muitos alunos muitas turmas, ecomeçamos a cantar samba estavamos em NOSSA TERRA, que graça, que alegria, que felicidade e quanta emoção, vi logo minha mãe, vou te confeçar sempre vivo fora de casa e paso as vezes 1semana sem ver minha mãe, nunca chorei de tanta saudade e de tanta emoção como foi esse dia 10 DE NOVEMBRO DE 2008 o dia em que voltamos, quando o buzão parou, os fogos começaram, tinha uma placa de boas vindas enorme para nós, estava tudo lindo demais, quando a porta de abriu minha vontade era de voar para fora, quando desci gritaram meu nome e tinha um tapete vermelho para passarmos, abracei forte minha mãe e comecei a falar, eu nem sabia o que contar primeiro de tanta coisa perfeita que eu tinha para contar. É que saudade ..
Foi simplesmente brilhante, obrigado de coração a todos que participaram desta viajem que so pode se resumir em uma palavra,  FODA!

Um comentário:

  1. Querida princesinha Viviane,
    Eu adorei conhecer seu magnífico blog.
    Suas postagens são maravilhosas...
    Ou seja, você descreve com perfeição todos os detalhes...
    Isso é realmente encantador para os olhos da mente.
    Tu és uma escritora fantástica, parabéns e aplausos de pé!
    Deus abençoe você e seus familiares.
    Beijos no coração.
    Com carinho,
    Cely, fã do seu brilhante blog.
    Muito obrigada!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...