26 de maio de 2010

Para aquecer minha saudade

Ja não sabia mais o que pensar, eu estava sentindo bastante dor na barriga, aquelas que todos nós chamamos de dores abdominais e eu prefiro chamar como dor insuportavel mesmo.
Foi quando estava tudo escuro já, o relogio marcava uma hora que denominamos madrugada, lá do meu quarto eu estava escutando ruidos que a cama da minha mãe fazia enquanto ela estava em um sono profundo.. Estava era frio e meu edredon novo não esquenta. Por isso me encolia da forma que eu estava, mas as dores ajudavam a formar aquela posição, minha cabeça fingia para mim mesma que aquela forma doia menos. Senti tanta falta daquele alguém para ficar acordado comigo a madrugada ou me fazer dormir e esquecer o que me machucava. Senti falta daquela voz cheia de amor, doido por mim, apaixonado pelo nosso namoro, feliz por está comigo, satisfeito com o nosso amor.. Viajei!
Viajei mesmo, foi ontem pela madrugada já, quando eu não queria dormir porque não conseguia parar de pensar e lembrar da pessoa que eu estou gostando tanto.. O André? Não é so um namorado, eu vim com intuito de contar apenas como foi ontem de madrugada, mas quando começo a escrever dele vejo milhões de histórias e coisas na minha cabeça então vai me conduzindo e me fazendo escrever milhares de coisas sobre e para ele..
Mas ontem de madrugada? Estava realmente frio, cama gelada, espaço vazio do meu lado, desenhado certinho, o encaixe perfeito para você! A noite foi vazia ontem, como se eu tivesse te deixado por uns 10 anos (como você me disse).. Ontem a noite eu queria apenas você, como eu sempre quero, apenas você.

Dedicado para e, somente para, meu lindo&maravilhoso
André Luis.

Um comentário:

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...