27 de maio de 2010

Para e somente para minha prima LILIANE MAGALHÃES

A porque o tempo passa? A porque tudo muda? Um dia o que te fez gargalhar pode ja não ser tão engraçado assim, um dia o que te fez tão feliz vai ser apenas uma lembrança te trazendo um sorriso, a que passado pequeno e ao mesmo tempo longo, lindo e gostoso de relembrar.. A passado que está me trazendo uma saudadezinha fina e implicante no meu coração..
Lembra? Lembra de tudo mesmo? Eu lembro de muitas coisas.. O que ta na minha cabeça agora? Ah fala sério, TUDO, todos os carinhos, as noites conversando, as tardes brincando, as manhãs brigando, os choros os sorrisos ..

''Big Girls Don't Cry'' antes de começar a ler, coloca essa música para tocar, afinal foi ela quem tocou meu coração!

Bom, sempre que escuto essa música se passa um filme devagar e lindo na minha cabeça, onde agora a 1º cena é uma foto minha e sua quando eramos pequenas, tão pequenas que você ainda usava botas para acertar a sola dos seus pés rs, ai vão surgindo, quando eu viajei para o Ceará e você chorou muito de saudade de mim rs, aos 7 anos, brincávamos de escolinha e você sempre era minha professora, eu sempre achei incrível como você sabia muitas coisas e sempre achei muito difícil as matérias que vc aprendia quando via seus cadernos enquanto ficava me imaginando tendo uma letra tão bonita quanto a sua.. Aos 8 anos, você  ja me ajudava com os trabalhos de escola e mesmo sendo mais velha que eu brincávamos de boneca, ai que saudade desse tempo em que nada era tão sério, nada tinha um horário, um compromisso, nada era obrigado  nada era responsável  nada era chato, nada era obrigado, nada era tão cobrado.. Ai que saudade de quando tirávamos as bonecas do armário e juntas brincávamos até dizer chega sempre as mesmas historias, sempre a mesma graça rs. Aos 9 os meninos começaram a aparecer, mas nada era maldoso, nessa época tínhamos infância de sobra, dividir, brincar e só..

Aos 9 eu saia da senador pompeu super de manhã e ia para sua casa que era do 16 ainda para te esperar para me levar a escola, lembrava disso? rs. Aos 10 começamos a achar que as barbies e a polly já não tinham tanta graça, nesse tempo foi aquele em que arrumávamos tudo para brincar e quando olhávamos desistíamos de tudo, talvez eu ainda quisesse brincar, mas você ja estava grandinha e preferia escutar música e escrever as letras em um caderno velho de capa roxa que você tinha, eu apenas te acompanhava, acompanhava sempre aos 11 foi a época em que ficávamos na sua casa o nº 30 já, esperando o Polto nos chamar para ir para a rua, jogar bola, brincar de pique e tal, eu sempre atras de você rs e se você não fosse bem provável que eu não fosse afinal, você quem os conhecia melhor, os que hoje eu lembro como a minha infância  Aos 12 ja tínhamos parado de brigar a uns 2 anos quase, aos 12 sim nessa época, eu fiquei mocinha, você ja era, talvez estivesse chago a minha época de copiar letras de músicas em caderno enquanto pensava em meninos bonitos... Nessa época nós ja guardávamos segredo uma para a outra, ja sabíamos acobertar uma a outra ja aprontávamos, estávamos crescendo e nem percebendo.. Aos 12 ainda íamos  para a rua ainda jogávamos bola, mas os piques, tipo, bandeira, esconde, quatro cantos e jogos de tabuleiros ja não existiam mais.. Quantas histórias poderíamos contar desses dias não é? Para agora, foge daqui do que eu to escrevendo e lembra de alguns dias legais que vivemos lá, quais que sejam..

[.........................................................................]

Perfeitos não? É eu sei, e sinto saudade sim! Aos 13, ja não existia mais muita coisa, ou na verdade ja havia mudado muita coisa.. As festas na casa do Polto ja haviam se desgastado e a ultima rolou nessa época. Ou no final dos 12 que foi o ano da MUDANÇA! Aos 13 ainda, eu ja chorava para você contando amar alguém, aos 13 mesmo, pelo ano de 2007 você via meu sorriso apaixonado e não correspondido, escutava meus sonhos e minhas vontades, brigava por algumas coisas e me aconselhava de outras.. Aos 13 as festas na casa do Polto perderam a graça para chopadas em lugares alugados, as festa da Sara com a Milena tiveram fim para festa com bebidas que tinham álcool . Ao final dos 13 você se apaixonou pra valer. E foi no final dessa época que nós nos prendemos mesmo pela primeira vez.. Cade as bonecas? Onde estavam as brigas para quem iria almoçar na mesa ou no batente, ou até mesmo para quem iria ficar com a Barbie mais bonita.. Onde estavam as trapaças as graças das besteiras.. Cade? Chegou os 14, tudo já era muito diferente para valer, essa é a verdade, parece que faz tanto tempo que os 14 passaram e ao mesmo tempo me encontro tão ligada a ele, te via com 16 e falava, prima você ja tem 16 nossa! É, hoje eu tenho 16, queria te ter como você me tinha quando foi sua vez..

Aos 14 as bonecas estavam com pó de poeira no guarda roupa, nas prateleiras da sua casa não havia mais casinha da barbie e sim quadro com fotos, no lugar na estante com uns livros e gibis, havia a mesa do computador e no guarda roupa do lado do uniforme do adro ja estava o do sonja kill.. Aos 14 eu fui praticamente morar com uma outra pessoa, e nessa época foi a mais difícil para mim, eu me via longe e desligada de todos vocês, mas tinha que fazer isso.. Nessa épica você me dizia que eu não era feliz e que eu não amava e eu teimava com vocÊ por apenas está me sentindo bem, quando você tinha toda razão.. Nessa época eu fiquei distante de você e quando eu fugia para dormir contigo era a maior felicidade que eu tinha, nessa época ja não existia nem um grito, nem uma risada de crianças na rua, ja não se ouvia a bola no chão e as nossas vozes pela noite, nessa época ja não se ouvia a nos os forrós da Aureni no prédio . Nessa época nos transformamos e sempre dividimos a mudança uma com a outra. Nessa época dos 14 ainda, você conheceu pessoas diferentes outro mundo outros amigos, e aos poucos e ai no fundo você me trazia para esses seus amigos, você sempre me queria ali por perto. Aos 15 era como os 14, não foi diferente e tudo parecia permanecer assim, como se nada fosse mudar e minha vida em relação a meu amor por você parecia ter se estabelecido ficar assim, te encontra na escola e ir dormir na sua casa sempre que desse, e ao invés de brigar ou brincar, passar a tarde contando fofocas e a madrugada falando e exaltando meninos.. Aos 15, já no final, muita coisa mudou, mas eu não havia percebido, muita coisa conhecia ao meu redor e eu procurava não ver o que eu não queria que acontecesse, ao final dos 15 ja estávamos com outros amores e tão apaixonadas ao ponto de não conseguir nem falar e explicar esse amor, ao final dos 15 ja nos víamos como pessoas serias, ja havia responsabilidades, eu com meu trabalho que ja existia desde os 14 e você com seus estudos que estavam se estabelecendo nesse final dos 15.. E então os 16 ..
Que 16 não? Foi ai, é ai, é agora, foi esse momento.

Aos 16? Você foi para longe, fez sua vida aqui do meu lado enquanto pode, aqui junto comigo do meu ladinho, fez tudo que tinha que ter feito viveu tudo que tinha que viver o bastante para me fazer escrever tão sinceras palavras de saudade.. Você conheceu outras pessoas, está em outro lugar, ja não anda tanto com a gente.. Mas também, a gente quem? Nem eu ando saindo muito.. Nossos amigos são outros e assim como você aos seus 16 conheceu pessoas novas, eu estou nessa fase, conhecendo outros amigos vivendo uma etapa que vai marcar também minha vida minha história, mas que saudade de você, mas que vontade de te ter nesses meus 16 anos, assim como você me tinha.. Eu estava para escrever esse texto para você desde o meio desse mês quando eu adoeci ( como sempre ) e passando muito mal na escola eu deitei entre duas cadeiras e então pensei em você, que naquele momento seria a unica pessoa que eu queria junto a mim, ali tão perto na escola, por mais que eu não passasse intervalo com você e você não me visse sempre... Eu estava sempre ali de longe te olhando e te observando, te protegendo e implorando a Deus para que demorasse o máximo que pudesse para aquele momento passar, pois eu sabia que quando acabasse aquele ano, tudo iria se tornar mais difícil  mas foi pior do que eu imaginada... To chorando sim agora, mas não é de tristeza sabe.. E de felicidade das lembranças boas que eu tenho de você e de saudade e vontade de revive-las ou de poder ve-las acontecer como um filme..

Ai que saudade do seu abraço e de te ver chorando no meu ombro depois daquele seu acidente de carro e te ver via me abraçando e saber que você estava bem e que estava comigo, ai que saudade de quando você me abraçou la na Alemanha e me deitou no seu colo, perguntando se estava tudo bem e me pedindo para não chorar se não você choraria também . Ai que saudade de quando a tia Núbia estava aqui coma  gente e nos três nos vestimos iguais no reveillon do milênio de 2000.. Ai que saudade de você! Mesmo que aconteça qualquer coisa com uma de nós (eu sei que não) mas um dia seilá, você pode ter certeza dos meus sentimentos, alias nunca terei acharei isso, pois sempre falo e aqui estou falando de novo..
Você foi e é um exemplo para mim, sempre! Eu te admiro dos pés a cabeça! E so quem pode falar mal de você sua chata sou eu! Ninguém te ama e sente esse carinho por você como eu.. Você é meu sangue e o que eu sinto não se tem tamanho.. EU TE AMO PRIMA, EU TE AMO!

4 comentários:

  1. Que coisa mais fofa, linda declaração Viviane.
    Bjs
    Mila

    ResponderExcluir
  2. você é eterna prima, assim como nossos momentos! eu te amo muuuito, do fundo do meu coração! pode ter certeza, que nós somos amigas de verdade! distância nenhuma separa! eu tenho muito orgulho de você! você é uma menina-mulher mais guerreira que existe! tenho orgulho de verdade de ser sua prima-irmã!
    sei que você terá uma vida plena, cheia de realizações! e eu estarei ao seu lado para ver isso, para te ajudar, aconselhar, perturbar, pra tudo! você sabe que nunca vou te deixar.
    você passa por tantas coisas difícies. queria muito mudar tudo e apagar essas lembraças ruins da sua cabeça, mas é impossível! mas eu sei que tudo isso servirá de experiência pra você! você conseguirá passar por tudo, pois você é forte e tem personalidade! e eu estarei aqui vendo seu sucesso e farei de tudo também para te ver feliz! pois sua felicidade é a minha!
    TE AMO MUITO, prima. amor igual ao nosso não existe! o elo que nos une é enoooorme, ninguém consegue destruir!
    não esqueça de mim, estarei contigo sempre!
    VEM ME VER! ;)

    ResponderExcluir
  3. sua besta :'( não faz isso comigo poxa! =/ você sabe que sou maior manteiga derretida, hunf! você sabe que sinto muito sua falta! principalmente morando aqui, onde não conheço muita gente.
    você me faz falta, e sempre me fez quando não ficava um segundinho comigo. queria muito, de verdade, que você tivesse comigo agora e sempre. sinto saudade das nossas conversas, discussões, carinho, fofocas.. mas sei que mesmo não estando presente fisicamente, você nunca me abandonou! sempre está no meu coração.
    nossos momentos foram inesquecíveis, perfeitos! lembro de quase todos, rs. já tá virando um 'rio' aqui no pc, haha. e todos eles me ligaram muito à você, MINHA IRMÃ, que é o que posso te considerar. minhas saudades são infinitas!
    aai, quando você viajou pro Ceará parecia que tinha arrancado uma parte de mim. como sofri! via o vídeo e escutava as músicas das Chiquititas e chorava tanto, haha. olha o que tu fazia comigo ? [:x] rs. é amor demais! e nada vai se comparar ao nosso amor de irmã!

    ResponderExcluir
  4. Que lindoo Vivi, choreiiii!
    Como é lindo ver a amizade de vocês, muito maior que um simples amor de prima, que Deus possa conceder e abençoar sempre essa amizade, que nunca se acabe e aumente cada dia mais!

    Beiijoooos Carooll ( irmã do diogo)

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...