14 de maio de 2010

Psiu, madinha!

Quando olho para tras vejo que hoje sim muitas coisas passaram, muitos momentos eu vivi, muitas lagrimas eu derramei, muitos risos eu dei, amor eu ofereci, desprezo eu recebi, amor me ofereceram, talvez desprezo eu também ja tenha dado. Não é bem a saudade que concentra-se no meu peito agora. Na verdade é uma alegria de tudo que eu ja vivi. Ah, a quem eu quero enganar não é mesmo? Aqui no fundo é verdadeiramente uma saudade enorme que me cobre. Ja contei sobre isso, ja citei sobre essa ou essas pessoas, mas nunca é muito falar de quem se ama. Ela é uma mulher tão linda, tão adoravel, tão especial. Ela é uma deusa uma diva, uma linda mulher que deve-se ter como exemplo! Ah que alegria me dá em pensar que eu tenho a sorte e o prazer de ser afilhada dela. Como me orgulho de ser da sua família, como eu sou feliz por isso. Como eu amo e caio me sentindo fraca quando penso nos dias maravilhosos que passei ao seu lado, como eu aprendi como eu me fiz. Minha personalidade, de certa forma a crença em mim mesma, a minha força toda, devo sim também, uma parte a ela. Sempre me escutou e me aconcelhou, sempre quis e quer saber de mim e me ajudar sempre me ama e sempre está aqui, ou ali, mas sempre por lá!
Como se batesse um vento bem gelado na minha pele, fico arrepiada apenas em lembrar, de quando ela me acolia em seus braços e tanto e todo aquele amor que eu recebia dela.
Ah como eu te amo, ah, como eu gostaria de voltar no tempo, nem que fosse apenas para ver esses dias acontecerem novamente e ficarem mais frescos nos meus pensamentos. Por esse motivo eu os escrevo, afinal você mesma quem me ensinou que eu devo contar as histórias sempre para que eu nunca as esqueça!
Eu te amo.

Texto dedicado para, e somente para, minha madinha
Maria Luíza

12 comentários:

  1. ooi =)
    obrigada pelo comentário lá no blog.
    Adorei o teu blog e o post. Vou seguir! ;D

    beeeijo ;*

    ResponderExcluir
  2. muito obrigada por gostar do meu blog!
    o seu também é maravilhoso, aparece sempre lá tá?
    ah, e as musicas são lindas né?
    Só esculto esses tipos de musicas, que por sinal é muito bom!

    beijos querida!

    ResponderExcluir
  3. como eu gostaria de volta no tempo !
    vamos criar uma maquina assim?
    viver oque passou ou tentar construir algo !
    beeijos

    ResponderExcluir
  4. Ah, que fofa!
    Adorei esse texto, que carinho enorme, hein?
    Beijos, querida!
    Blog lindo!

    ResponderExcluir
  5. Seu blog é lindo *o*
    beijos :*

    http://drykasales.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  6. OI lindaa!!!
    Que bonito isso, poxa é sempre muito bom expressar o que sentimos pela as pessoas, principalmente quando é uma pessoa que amamos e que precisamos ter sempre por perto.
    Que sua madrinha esteja sempre presente em sua vida e que vc sempre tenha pessoas tão especiais e queridas assim como ela em sua vida!
    Um beijo

    ResponderExcluir
  7. own, achei lindo esse post!
    adorei o seu blog, vou seguir :)
    passsa no meu, se gostar faça
    o mesmo!
    beijos ;*

    ResponderExcluir
  8. ooh que fofo..
    eu to lendo um livro aqui que fala que no velório ao em vez de chorar desesperadamente deveriamos contar feitos do morto, aplaudi-lo, exalta-lo...
    seria mais confortável aceitar a dor dessa forma.. ele diz que essa eh a forma de deixar o morto vivo dentro de nós..
    Eu acho tbm!
    =D


    eh mais ou menos o qe acontece com as histórias!

    ResponderExcluir
  9. Que bonito! bela homenagem!
    boa semana

    bjão =^.^=

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...