2 de junho de 2010

Conheci uma jornalista.

Ja havia reparado naquela morena alta muito alta e bem vestida que estava na porta da minha sala hoje de manhã. Era muito bonita usava uma maquiagem forte que realçava seus labios carnudos com um forte tom de chocolate. Seus olhos estavam penetrantes com um rimel forte que faziam deles expressivos. Sempre tive esse contexto de uma jornalista, bem vestida, arrumada, sabe? Uma mulher, alias um mulherão e muito simpática. Isso. Simpatia, era o que não faltava naquela morena bem vestida que eu conheci hoje de manhã. A entrevista foi com nosso professor Heiko (de alemão). Que ao comentar que naquela turma haviam alguns alunos os quais foram para a Alemanha em 2oo8, despertou a curiosidade da jornalista, que alongou a reportagem conjunto com nós alunos. O professor saiu e o resto da turma também e na sala ficou o silêncio, em uma rodinha com a jornalista e uns 7 alunos. Todos completamente calados e ela querendo nos fazer falar. Meu Deus! Eu pensei, que mal tem em responder algumas perguntas e falar de uma viagem tão importante para todos nós? Ah, fala sério. Então comecei a falar.. O problema é, (Viviane começa a falar e não para nunca mais). Então me soltei e conversei com a jornalista como se fosse uma amiga onde eu estivesse deixando-a por dentro das novidades. Acabou a entrevista e todos foram saindo da sala aos poucos, mas eu fiquei. Não podia perder a oportunidade de conversar com uma jornalista, plantada bem ali, na minha frente, não é mesmo? Fiz algumas perguntas, fui simpática também, agi normal né.. Ela me disse para não perder a otima oportunidade que a minha escola me dá em estudar alemão, que jornalismo era uma delicia de se estudar e que não devíamos entrar esperando criar um dom com os estudos, pois já nascemos com ele. Foi embora me deixando com mais água na boca ainda.. Foi muito legal hoje.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...