14 de julho de 2011

Antes do meu primeiro namorado [...]

É uma realidade estranha, um dia eu chorava muito pensando em um garoto, escutava músicas melancólicas e sofria de verdade por gostar muito de alguém que só me via como amiga. Na realidade nem como amiga né? Pois uma amizade não poderia ser daquele jeito, mas porque será que nos olhos dele era para ser uma amizade e mesmo assim rolou algo.. Naquela época era essa a maior agonia que me fazia corroer de tanta curiosidade, raiva, duvidas..
Eu comecei a namorar, o primeiro namorado, um cara especial sim, sou madura o suficiente para escrever isso aqui, onde tudo pode ser lido. Mas fico triste de escrever junto que mesmo namorando desejei por muito tempo aquele carinha que me fazia sofrer de tanto desejo.  Eu dormia e me imaginava sem chorar e junto com aquele desejo impossível. Dizem que quando queremos muito uma coisa, quando temos não queremos mais, pois perde a graça. Talvez esse fosse o medo dele, por gostar de ter alguém sempre ali o admirando muito. Inútil ;]
Hoje também sinto-me triste por achar uma pessoa que tanto eu desejava um carinha sem graça e completamente imaturo, não irei morrer  com a duvida:
''porque me tratas tão bem, como se me desejais, porque me beijaste profundo, se suas palavras são geladas?''
Pois, é um passado que não interfira em nada no meu futuro e nós aprendemos com o tempo, muitas coisas mudaram na minha vida, umas poucas mudanças e outras da água pro vinho. E a mais maravilhosa de todas é saber que ja tive poucas porém profundas experiência com homens e hoje achei o carinha insubstituivél, o grande amor da minha vida!

Um comentário:

  1. eu gostei muito ...pois estou com meu primeiro namorado,me sintto protejida quando estou perto delle mas,acho q a nossa relaçao esta umpouco fria pois ele nao e compreencivo,e eu sou pouco deficio de aturar prinncipalmente na tpm.mar amo ele.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...