5 de outubro de 2011

De volta para o amor

Eu faria tudo, tudo de novo, não mudaria meus sorrisos dados, muito menos as provas de amor, não viraria as costas pela rejeição e novamente me agarraria a ela e nela mesma, constituiria forças para levantar a cabeça e ir atrás do seu caminho.

'De volta para o amor', se tivesse que mudar alguma coisa, sim com certeza, eu mudaria as vezes em que tentei, e colocaria mais umas mil vezes nessas. A realidade é que eu desisti de você, de tentar e de achar que uma única lembrança de afeto, a lembrança de um beijo ou um simples olhar, eu poderia ter seu colo, seu sorriso sua dedicação!

Nada mais adianta, depois que o sentimento passa, por mais lento que seja o processo, em uma história de amor assim, não faz diferença rasgar essa ferida e cutuca-la.
Uma vez que, teve um tempo longo para me agarrar e me ter em seu dominio, porém preferiu a sinceridade e o gelo de dizer 'não'.

Quando na verdade agora, quando já não vale mais saber, sabemos que, tudo não passou de um medo, um medo cruel. Qual fez mal a você e a um coração que um dia gostou tanto ao ponto de querer-te feliz. Mesmo que sua felicidade fosse de costas para a de quem tanto te desejava!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...