19 de março de 2012

Admite sua dor!

A urgência não deveria estar na rápida tentativa de aniquilar os sentimentos e sim no retorno ao ritmo humano e natural dos sentimentos, com início, meio e desfecho. Seria possível então atravessar a dor com o tempo e respeito necessários, sem a idéia de que vivê-la é errado ou inapropriado, é simplesmente humano. Teme ser fraco ou frágil aquele que ainda chora, ainda pensa, ainda sente. Claro que não quero por meio do artigo dizer que o sofrimento deve ser eterno ou cultivado, ele precisa ser considerado e respeitado, porém, cuidado e tratado para que através dele advenha um maior conhecimento sobre si e um crescimento emocional. Mais forte e saudável será aquele que admite sua dor, aceita, lida e transforma.

# Uma explosão de sentimentos verdadeiros com colocados. Meu pensamento ao ler tal coisa, foi o simples 'achar' que sim, concordo com tudo que li, porém acredito que bonito mais ainda é aquele homem que admite sua dor e não deseja fazer com outra pessoa o que lhe foi feito, que perdoa até mesmo aquele coração que lhe feriu e que abre uma brecha, mesmo no meio de tanta angustia para realizar um desejo alheio, permitindo-se atrevidamente a tentar novas coisas, sentir novos gostos, fazer novas loucuras e desejar novos sonhos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...