18 de junho de 2012

Para Sempre.

''E se de repente eu esquecesse de tudo, assim, do nada, não saber quem é você, não ter ideia de como nos conhecemos e tudo aquilo, e tudo que ja vivemos?''

''É por isso que eu não vou dar sumiço nunca no meu caderno.'' 

Sempre usamos aquele caderno quando estamos triste, ou quando alguma coisa um pouco chata aconteceu entre nós dois, então pegamos o caderno e começamos a ler juntinhos, de repente toda a dor some e as batidas do coração se acalmam. é verdade, esse foi o melhor presente que eu já te dei amor.

Diálogo na saída da sala 01 cinema cinesystem, sessão de 19:15 no sábado 16 de junho, chorando litros pelo filme Para sempre. Que eu apenas irei fazer um resumo quando sair das telinhas, pois é sacanagem com quem ainda não viu. E, ah, assistam é simplesmente lindo!

André eu sou apaixonada
por você, mesmo com todo
 nossos erros invisíveis.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...