14 de setembro de 2012

Era uma vez um amigo meu.

E se quiser saber pra onde eu vou, pra onde tenha sol, é pra lá que eu vou!

Tem dias que você para pra pensar e se pega analisando muitas coisas na sua vida, pode quase nunca acontecer isso com você, ou pelo contrário acontecer sempre. Mas uma garantia é de que alguma vez ja passou por isso. Com toda certeza eu escrevo que você pensa em amigos nesse exato momento.
Amigos que tinha, que teve, que tem, enfim.

Comigo hoje, foi exatamente assim, vi uma foto, lembrei que conheci uma pessoa a muito tempo e que tinha uma amizade muito saudável que eu sei, entendo, que deveria ter durado muito mais que alguns anos e alguns papos jogados fora na rua, ou no muro a muro la de casa.

Foi um vizinho muito especial, e não escrevo sobre ele aqui por ter sido mais importante que meus outros amigos daquela ladeira. Apenas escrevo por ter sido (passado) triste, mas passado. é... Pelo fato de achar que seria sempre, pois cada vez que eu encontrava na rua, existia aquele carinho, aquele sorriso e uma educação que vinha com uma saudade que dava para sentir. Mas então com menos tempo ainda (o que eu acho inacreditável) porém é verdade, com menos tempo do que nossa amizade durou, ela se foi, assim..
Piscando os olhos você me vê como simplesmente uma conhecida e isso é estranho, chato, seilá.

Não vou citar nome, tenho receio, vai causar polemicas eu sei. Mas se um dia você encontrar esse post perdido, tenho certeza que vai saber que é para você, meu vizinho chato, engraçado (demais diga-se de passagem) e abusado, que ia no muro da sua casa so p. ficar me esperando aparecer na varanda, com sede de me mandar descer e irmos p.  rua (ladeira) correndo ri de histórias bobas  do nosso dia-a-dia.

saudades s2

2 comentários:

  1. que triste essa amizade ter se tornado passado! amigos de rua são uns dos melhores

    Beijos!
    http://quaseatoa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi floor, eu entendo, e sei realmente como isso dói lá no fundo, perder alguém sem motivos praticamente é difícil e você sente muita falta, espero que ele leia esse texto e veja o quanto foi uma pessoa especial para você, e quem sabe ele volte a ser mais ainda né?!

    Beijos ;* Jéssika Vitória, do blog: Princesa Descolada(novo post)

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...