14 de setembro de 2012

Tireoide, para que te quero?

Alguém sabe um pouco dessa doença aí? Primeiro vale citar que muitas, mas muitas mulheres tem essa pedra em seu caminho. Eu sou apenas mais uma delas. O que é curioso no todo, é que eu tenho apenas 18 anos e descobri minha amiguinha aos 16, pois é, nem eu tinha noção de quanto tempo fazia, até me assustei.
Saiba TUDO sobre essa doença ( Aqui ) inclusive os sintomas, pois na maioria das vezes não notamos.



Como foi comigo:
Então vamos lá, esse lenga lenga que ja casei de contar rs. Eu comecei com a queda de cabelo, era demais, quando eu me penteava era uma situação assim, desesperadora. Depois, eu ja sentia que com o passar dos dias vinha desligada da escola e meu sono me consumia, muita preguiça, aquela de não deixar você levantar da cama, aquele peso em cima das suas costas, quando eu me deitava era como se a cama tivesse braços e me agarrava forte.

Minhas unhas sempre, repito, sempre foram extremamente fortes, enormes e com humildade, lindas. Foi aí que minha amiga tireoide veio se meter no meio da nossa relação, começou a enfraquece-la e a descascar minhas unhas, quebrando, lascando, enfim. Foi uma dor para mim, foi uma das coisas que mais me afetou, mentira, não tem como explicar qual me doeu mais, pois todos os sintomas são extremamente horríveis!

Foi ai que veio o ponto X de tudo, eu sempre fui muito magra, quem me conhece pessoalmente sabe que eu fui sair dos 30 kg com 14 anos, pois é. Mas foi enfim quando eu comecei a dar aquela engordadinha que então.... Mais uma vez minha amiguinha veio me atrapalhar, entre 14 á 16 anos eu estava com meus 50 k, muito feliz por enfim estar vestindo short 48, e enfim podia dividir roupas com minhas amigas. Foi de uma facada só leitores, um susto, um terror. Foram 8 kg em menos de um mês que simplesmente evaporaram de mim. 

Foi um desespero para todo mundo, ja pensaram o pior de mim e as pessoas na rua me olhavam torto. Nunca odiei tanto escutar uma coisa como, '' Nossa, você está magra! '' Isso me revolta até hoje, acho que tomei trauma. Digam que minha orelha é grande, mas não critiquem minha magreza, isso é doença e eu não gosto!

Assim que eu cheguei no médico, o mesmo, notou logo o que realmente era, nunca reparei e até hoje eu não enxergo a tal glândula que ele viu no meu pescoço, mas enfim, so posso agradece-lo por descobrir cedo esse inferno na minha vida e me fazer entender que não é tão ruim assim. Mas de verdade só quem passou/passa é quem sabe! Comecei tomando medicamento de 25, passei para 50 e hoje estou com 75 desde lá engordei apenas 2 kg e não passo disso, nem devo mais.

O importante é fazer-los entender que por mais que pareça, não é o fim do mundo ter falha da tireoide e viver com o hipotiroidismo. Tem que ter vontade e força, para superar seus sintomas e tomar os remédios certinhos  todo dia! E o pior de tudo, lembrar de tomar em jejum e ainda por cima, ficar meia hora sem comer nada, isso é uma tortura fatal, pelo menos pra mim, mas é o que me mantem bem e sem problemas.
Para tudo há uma solução e eu amo viver!

3 comentários:

  1. Você sempre guerreira né, amiga? Isso aí, o importante é fazer de tudo para viver BEM!
    Tô contigo sempre ♥

    ResponderExcluir
  2. Guerreira você é Vii!!
    Força sempre!!! : )

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Escolhi essa postagem para publicar no Portal Teia porque acho que irá interessar a muitas pessoas.
    Até mais.

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...