23 de novembro de 2013

Eu tive que dizer Adeus (...)

Eu te conheci não muito do nada, você sabe disso, alguma coisa dizia que aquele dia iriamos nos aproximar, só não tínhamos ideia do quão profundo seria todo esse 'lance' que se tornou amor. Bom, pra mim foi profundo, meu pai já dizia que era para colocar os pés no chão, meus amigos já diziam que meu olhar havia mudado e eu já havia mudado entre eles, eu estava realmente apaixonado, bom, digamos que até aquele momento, até aquele 'adeus' aquele que eu fui obrigado a dizer (...)

Não, não foi você quem me obrigou a dizer 'tchau' foi  apenas uma necessidade minha, pensando na minha vida e no que já não estava dando certo! Eu te vi como amor incondicional, te tratei como amor da minha vida, te apresentei a minha família, eu te trouxe além da barreira.

Sim, depositei todas minhas moedas em você, te vi como aquele cofrinho cor de rosa que cantarolava com uma bailarina dançante em cima. Aquele que você tinha na sua estante... Eu te via assim, só que muito mais que ouro ou quantia, eu depositei amor, amizade e principalmente confiança!

Por mais que eu não vá a missa todos os domingos, Deus cuida de mim e eu converso com ele sempre que dá, e bom... Ele mesmo me disse, não vale a pena! Pena que foi exatamente em um momento em que eu estava mais envolvido, passei por cima de tudo e de todos!

 Pena? Talvez não... Talvez, graças a ele (Deus), eu tenha percebido o que todos tentaram me mostrar, não que você sejá má, eu ainda tenho um carinho pelos nossos momentos bons, e ainda lhe agradeço pelo que me proporcionou de bom, porém...

O grandioso me mostrou através da vida e da nojenta realidade, que não era isso que eu merecia, eu joguei o mundo inteiro aos seus pés e você nem ligou, pediu mais que um coração fiel e apaixonado ao qual você já tinha...

Você sabe que errou comigo, você sabe que roubou não só meu coração, mas minha confiança e dessa forma você  deve saber que papel amassado jamais volta a ficar como era antes, foi assim que se sentiu meu coração e meus sentimentos, feito papel amassado... De uma forma que não podem voltar a ser como eram antes!

Infelizmente hoje você não tem mais o meu amor, mas eu lhe escrevo para dizer que, aprendi com você a crescer na vida e que um pouco do homem que eu sou foi você quem criou. Dizem que quando erramos aprendemos, mas quando perdoamos, ou superamos erros alheios também crescemos!

Me acompanhe nas redes sociais:

2 comentários:

  1. Que lindo! Amei o seu blog, seus textos são lindos! Seguindo :D

    http://sereniissima.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. o que a mina fez com ele, p. ele ter que terminar com ela se ele gostava dela?!

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...