6 de janeiro de 2014

Graças a deus ou não, foi tudo um sonho que eu tive!

Eu senti meu celular vibrando, ele costuma ser bastante escandaloso e por mais que meu sono seja pesado, conseguiu me tirar dele, fiquei curiosa para saber o que queriam comigo e assim que desbloqueei a tecla vi que eram 3 horas da madrugada. ''Porque alguém viria falar comigo aquela hora?''

Lá estava aquele sinal verde no alto do meu papel de parede, ja com muita ansiedade cliquei e quando vi de quem se tratava senti meu coração sobrecheio, não sei se de raiva, de medo ou de felicidade. Analisei por alguns minutos aquele simples: ''oi, vc está acordada?''

Nesses  minutos acabei -infelizmente, lembrando do mal que você vem me fazendo, então tentei ser estúpida tanto quanto e respondi: ''to, fala!'' Convenhamos que, se eu quisesse ser como você, eu na verdade apagaria a sua mensagem e não lhe responderia nada, mas a verdade é que essa não seria eu.

Você veio me contando uma história meio louca sobre uns amigos seus e me disse que não estava em casa, que precisava de ajuda e que no fundo estava com saudade, me mandou três fotos minhas de quando eu era criança e me disse que encontrou na casa de um conhecido em comum nosso, você disse que achou as fotos fofas, que eu fui uma linda criança linda e sou uma mulher maravilhosa!

Fala sério, você estava mesmo ''dando'' em cima de mim as 3 horas da madrugada em uma quinta feira sem sentido? Olhei a data mas o dia 3 não me indicava nada, li e reli suas mensagens procurando um sentido para tudo aquilo e apenas perguntei: ''Por que está falando comigo agora?' Ainda estou esperando sua mensagem de feliz ano novo, ou apenas um: desejo tudo em dobro pra você!''

Me deixando mais uma vez sem palavras fui obrigada a ler: ''Eu não quero trazer problemas para você, nem para mim, achei que essa hora seria a mais cabivel para nós dois, so quero te dizer que eu continuarei sumindo e fugindo de você, mas estou com saudades, porque na verdade adoro quando você vem atrás de mim!''

Fiquei horas encarando o celular, senti uma lágrima escorrer, balancei a cabeça negativamente e então apaguei a conversa, dessa vez quem irá bloquear sou eu! Respirei fundo e com o coração na mão abri os olhos! É, não sei se foi pior ou melhor, mas graças a Deus percebi que o quarto estava escuro e tudo aquilo não passou de um sonho estranho que eu tive!
Obs: texto inspirado em fator reais!

Me acompanhe nas redes sociais:

Um comentário:

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...