9 de fevereiro de 2016

Estar Grávida.


'' Eu quero estar morando na minha propria casa, nem que seja de aluguel, mas que seja minha, minhas coisas, meu jeito, minha organização, minhas regras, minha casa! Quero estar com um emprego recebendo bem, muito bem de preferencia, pois quero estar pagando minhas proprias contas sem o nariz de ninguém e quero estar casada!''

É, era mais ou menos assim que eu sonhava antes do Raphael nascer. Quando vi um positivo no teste de farmácia aquela sexta feira dia 21, eu olhei ao meu redor e não foi exatamente o que eu vi, mas era o que eu sonhava, então eu tinha que ir atrás de fazer o mínimo pelo menos.

Estar Grávida é uma sensação e aventura quase que sem explicação. Para mim, estar grávida, era viver um ciclo louco, com uma  novidade a cada dia e uma eterna tpm. Em dois dias o Raphael fará nove meses e até agora essa foi a definição mais realista de uma gestação que eu pude fazer.

Durante quase nove meses completos eu tive quase, aquilo tudo que eu li vinte quatro horas por dia. Se tem uma coisa que eu aprendi em uma gestação é que todas as grávidas são iguais e literalmente diferentes, estou deixando as coisas ainda mais difíceis né? Eu confesso que hoje eu não saberei ser exata e dizer, é isso ou é aquilo, como geralmente faço, sim é sim, não é não! Simplesmente porque estar grávida me ensinou que, tudo é normal, tudo 'pode ser', tudo tem sua hora certa, tudo tem seu tempo, tudo vai dar certo no final, nem sempre o ''seu certo'' mas vai dar certo sim!

Estar grávida é não saber de nada e ao mesmo tempo saber de tudo, é não conseguir imaginar o dia de amanhã e ter a segurança e o controle de tudo, estar gravida é um mergulho profundo nas incertezas e nas maiores duvidas da vida, para muitos jovens é o desespero de não ter estudado para uma prova importante, para outros jovens é o medo de uma suposta separação dos pais, para jovens mais adultos é a espera sem fim da resposta de um contrato de emprego, para outros a emoção de se formar na área que sempre sonhou, para os mais velhos eu acredito que seja como a preocupação de um filho que ainda não voltou da balada e a sensação maravilhosa da realização de um sonho do seu filho.

Pra mim, estar grávida foi uma mistura disso tudo, com um pouco mais de drama, verdade, emoção e sonhos realizados.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Obrigada por comentar :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...