13 de março de 2017

#KatlenFazXV

A alguns meses atras recebi um orçamento bem desafiador, meu primeiro trabalho em uma festa de 15 anos. A Erica é das minhas, não tem tempo ruim, o mundo pode estar desabando, mas está ali, correndo para todos os lados, ajeitando tudo, segurando tudo e atras de novidades para a festa, a Katlen, bom a Katlen vocês vão conhecer bem mais quando eu poder postar 'toooodos' os detalhes da festa ba-ba-do que vai rolar dia 08 de Abril.

A princípio era apenas um quadrinho e fazer quadrinhos #chalkboard é uma terapia que me faz rir, me faz passar o tempo, me deixa completamente atarefada e me cobre de gratidão ao ver o resultado, tanto da arte, quanto do que causa em quem compra ou ganha um. Mas como contei, a Erica é das minhas, quando eu disse ''oi'' para ela, ela ja sabia que estava mergulhando em grandes aventuras para a tão esperada festa de 15 anos da Katlen.

Lá fomos nós, lembranças, homenagens, presentes, roupas, centro de mesa, fotos, divulgação, homenageados, surpresas, decoração, convites... Ah os convites... Breve vou contar um pouco sobre cada participação da #arteszih na festa, então faltando apenas 27 dias, vamos começar resenhando sobre os convites.

Alguns dizem que o convite é o de menos e que hoje em dia tudo é virtual, mas vou ser sincera com vocês, isso é maior ilusão. Um evento especial, tem que ter convite manual sim! O convite é o convite, é a porta para o evento, é a introdução, é a demonstração do que vocês vão participar, do que está sendo feito e do que vocês vão esperar, olha a responsabilidade ai.

''Viviane o tema será neon, queremos algo criativo, diferente e legal''

Pronto, palavra nenhuma me estiga mais que diferente, minha cabeça dá um nó na mesma hora, saio pensando aceleradamente e esqueço até do tempo que terei para produzir. Desde o primeiro pensamento para o convite da Katlen eu sabia que queria algo kraft, sofisticado e muito, muito personalizado.

Deixa eu contar uma dica para vocês, isso é o que faz qualquer tipo de coisa ser diferente, a personalização. Tudo que é personalizado tem sua essência e personalidade ali, todo mundo é de um jeito, todos diferentes, está ai o segredo.

E lá fomos nós em poucas e longas madrugadas a dentro a fim do melhor resultado de todos, eu precisava de algo que fosse: Divertido, alegre, bonito, chamativo, descontraído, convidativo e neon. Ou seja, algo que representasse exatamente como a Katlen é e um pouco de como será a festa dela.

As ideias foram surgindo e no final a junção disso tudo que falei acima +
Papel A4 kraft + fitas em neon + carimbo personalizado #KatlenFazXV + tags personalizadas 
deu esse resultado:









10 de março de 2017

Minha mãe não sabe nada sobre paixão.

Eu não havia dormido quase nada aquela madrugada, rolei na cama diversas vezes com a imagem do seu rosto na cabeça, aquela música que você me enviou eu já ouvi milhares de vezes, vi as horas passarem lentamente, achei que fosse ver o sol nascer...

Parecia que eu mal havia fechado os olhos quando aquele avião passou baixinho no sítio, acordei assustada, a manhã estava tão chuvosa e fria como minha cabeça. Outro avião passou fazendo tremer até minha cama, dizem que sonhar com avião significa bons lucros financeiros e ser atacada por um, o que deve significar?

Levantei e fui enfim ver o que estava acontecendo, o vi de longe e disfarcei é claro, parecia que você iria descobrir que passamos a noite inteira juntos no meu pensamento, isso me deixaria constrangida. Não adiantou muito tentar disfarçar, quando senti sua mão no meu ombro, parei de sentir as pernas e achei que dava para ver meu coração querendo sair pelo roupão verde.

''Você ta descalça, ta frio, vai se resfriar!''

Sempre tão calmo e educado, com certeza minha bochecha ficou vermelha ao responder ''obrigada pela preocupação'', desviei meu olhar sensatamente como de costume e segui para o quarto. Minha mãe diz que quando estamos a fim de uma pessoa devemos ignora-la, manter distância e fazer maior jogo duro, demonstrar que ta afim, jamais! Se minha mãe estiver correta eu estou falhando horrores na prática.

Já me peguei inúmeras vezes te observando escondida, seu lábio inferior é mais carnudo que o superior isso faz seu sorriso ser perfeito, toda vez que penso nisso imagino que seu beijo também deva ser perfeito. Já imaginei tantas vezes esse beijo que tenho a sensação de que conheço bem ele.

Encarei o quarto cheia de roupas espalhadas que precisavam ser guardadas, era hora de partir e la vem você com seu jeito educado novamente, me oferecer ajuda, ou pelo menos era o que eu havia imaginado, até você se aproximar e sem medo nenhum me abraçar. 

Só nós dois abraçados ali naquele quarto enorme, em formato de L me deixava perdida, você ali colado em mim, me deixava mais perdida ainda, aquela porta de vidro e tantos espelhos me faziam nos ver juntos em todo lugar, achei que fosse desmaiar, mas só descobri que na real, minha mãe não sabe nada sobre paixão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...